Kraków

● • • • • • • •.• • • • • • • • • •
Poland

Gdańsk

● • • • • • • •.• • • • • • • • • •
Poland

Bałtyk

● • • • • • • •.• • • • • • • • • •
Poland

Tatry

● • • • • • • •.• • • • • • • • • •
Poland

Oscypek

● • • • • • • •.• • • • • • • • • •
Polish food

Souvenirs

● • • • • • • •.• • • • • • • • • •
Polish fol­klore

Anterior
Seguinte
pasek1_final_oryg

Polônia Clássica

8 days / 7 nights

Discover the classic of Poland, the most famous cities in the country and the delicious cuisine.

Dia
1
> Varsóvia
 

Bem vindo a Polónia!
Chegada ao aero­porto de Varsóvia e traslado ao hotel.

À tarde con­certo de música de Chopin. Aninhada nas ruas de para­le­le­pí­pedos da Cidade Velha de Varsóvia, fica uma sala de con­certos neo­clássica única, com paredes ori­ginais de “estuque de gesso”, espelhos de cristal e ele­gantes deco­rações do século XIX. Ao passar pelas portas, você entrará na era de Chopin para um con­certo com­posto por duas partes das melhores peças de Chopin tocadas por pia­nistas reco­nhe­cidos inter­na­ci­o­nal­mente. Durante o intervalo, você será con­vidado a tomar um copo de vinho espu­mante, suco de laranja ou água. Este con­certo é o começo per­feito para uma noite romântica em um dos res­tau­rantes e bares da cidade velha, mas também um final mara­vi­lhoso para um dia cheio de pas­seios turísticos.

Noite em Varsóvia.

 
Dia
2
> Varsóvia
 

Café da manhã no hotel.

Visita pano­râmica à capital da Polónia, Varsóvia. Durante a visita serão conhe­cidos os lugares mais impor­tantes da cidade e será dada a ines­que­cível opor­tu­nidade de conhecer o passado de Varsóvia e da Polónia. A visita terá início com a des­co­berta da Cidade Velha (Património UNESCO) e um pouco da cidade nova. Continuará com a visita ao Palácio Krasinski, ao edí­ficio da Suprema Corte e ao monu­mento à Insurreição de Varsóvia. Por fim, será ainda visitado o Parque Real Lazienki, onde se poderá admirar a resi­dência de verão do último rei da Polónia e o famoso monu­mento de Frederic Chopin. Aqui, será dada a opor­tu­nidade de relaxar em con­tacto com a natureza e ainda conhecer o mara­vi­lhoso jardim de rosas.

Tempo livre para almoço.

Pela tarde visita ao Palácio de Wilanow, um dos monu­mentos arqui­te­tó­nicos mais des­lum­brantes de Varsóvia, sendo muitas vezes ape­lidado de “pequena ver­salhes”. Construído pelo Rei João III Sobieski como sua resi­dência de verão, a sua arqui­tectura barroca possui uma beleza fora do vulgar, pois combina na per­feição as influências da arte europeia com ele­mentos da cons­trução tra­di­cional polaca, resul­tando numa mara­vi­lhosa fusão. Tendo já sobre­vivido a várias guerras e tempos difíceis, afirma-se como um ver­da­deiro ícone da his­tória do país. Por fim, haverá ainda tempo para um passeio no mara­vi­lhoso jardim francês que cerca o palácio.

Noite em Varsóvia.

 
Dia
3
> Varsóvia > Torun > Poznan
 

Café da manhã no hotel.

Traslado para Torun.

Visita de Torun, cidade conhecida pela sua exu­be­rante arqui­tectura do estilo gótico medieval e por ter sido o local de nas­ci­mento do famoso astrónomo polaco – Nicolau Copérnico. A visita começará com um cami­nhada pela cidade velha (Património UNESCO), onde será pos­sivel conhecer a Casa de Copérnico e a Catedral com a sua impo­nente torre, de onde se poderá apreciar uma mag­nífica vista pano­râmica da cidade. Haverá ainda tempo livre para fazer compras e para a degus­tação dos famosos bolos de gen­gibre de Torun, feitos de acordo com receitas antigas do século XVI.

Tempo livre para almoço.

Continuação para Poznan.

Noite em Poznan.

 
Dia
4
Poznan Wroclaw
 

Café da manhã no hotel.

Visita de Poznan. Este per­curso que atra­vessa o coração da cidade será uma exce­lente opor­tu­nidade para conhecer alguns dos seus monu­mentos mais impor­tantes, como o a Praça de Mickiewicz, o mag­nífico Castelo Imperial do século XX, o edi­fício da Ópera, a Universidade de Mickiewicz e o Collegium Maius. De seguida, será feito o tra­jecto até ao pito­resco dis­trito de Srodka, onde se visitará a catedral gótica de Poznan, situada na ilha de Ostrow Tumski, local onde acon­teceu o batismo da Polónia como país, no ano de 966. O per­curso con­ti­nuará pela Ponte de Chrobry, seguindo até à Praça do Mercado da Cidade Velha, famosa pela sua impo­nente Prefeitura renas­cen­tista. De seguida, será feita uma cami­nhada pelas ado­ráveis ruas medi­evais que nos con­duzirá até à Catedral Barroca e à Catedral dos Franciscanos, onde se poderá observar o modelo da cidade de Poznan na Idade Média. A visita ter­minará na Praça da Libertade, cercada por alguns edi­fícios emble­má­ticos do século XIX como o Museu Nacional, a Biblioteca dos Raczynski, o Hotel Bazar e a Arcadia.

Tempo livre para almoço.

Traslado para Wroclaw.

Wroclaw, conhecida como a cidade das 100 pontes, é um lugar cheio de magia, que pela sua rica his­tória e carac­te­rís­ticas medi­evais únicas atrai milhares de turistas todos os anos. A visita terá início na impo­nente Catedral de São João Batista, cons­truída no século XIII e situada na ilha de Ostrow Tumski, a zona mais antiga da cidade. De seguida, será atra­vessada a ponte sobre o Rio Odra para visitar a Universidade de Wroclaw, famosa pela sua des­lum­brante Aula Leopoldina, de arqui­tectura barroca. Depois, o tra­jecto con­ti­nuará com uma cami­nhada pelas ruas medi­evais até à Praça do Mercado, uma das maiores praças medi­evais da Europa, com a Prefeitura gótica no centro e cercada pelas casas nobres.

Noite em Wroclaw.

 
Dia
5
> Wroclaw > Moszna > Czestochowa > Cracóvia
 

Café da manhã no hotel.

Traslado ao Castelo em Moszna.

Castelo de Moszna é um dos monu­mentos mais conhe­cidos do sul da Polônia. O com­plexo do castelo e do parque é a antiga resi­dência da família alemã Tiele-Winckler. Esta gigan­tesca cons­trução de 7.000 metros qua­drados e 65.000 metros cúbicos começou no século XVII. Ele contém 365 quartos e 99 torres. Reminiscente dos cas­telos ingleses da era eli­sa­betana. A cou­de­laria com cavalos puro-sangue árabe atrai muitos entu­si­astas do des­porto equestre. Além do próprio castelo, todo o com­plexo inclui um parque que não tem limites pre­cisos e se combina com os campos pró­ximos, prados e uma floresta.

Continuação para Czestochowa.

Tempo livre para almoço.

Czestochowa é conhecido pelo famoso mos­teiro de Jasna Gora (Monte Claro), clas­si­ficado como o maior centro católico na Polónia e um dos centros de pere­gri­nação mais impor­tantes do mundo cristão, atraindo milhares de pere­grinos todos os anos. O lugar tornou-se mun­di­al­mente famoso devido à pre­sença do quadro da “Madona Negra” de Czestochowa, envolvido em alguns milagres retra­tados em lendas antigas. Durante a o tra­jecto será visitada a Basílica onde se encontra a famosa “Madona Negra” e o museu do mos­teiro que conta a his­tória dos mais de 600 anos da sua exis­tência, onde se des­tacam a sala do tesouro e do arsenal.

Traslado para Cracóvia.

Noite em Cracóvia.

 
Dia
6
> Cracóvia
 

Café da manhã no hotel.

Visita de Cracóvia. Cracóvia, também conhecida como a capital da cultura polaca, chegou mesmo a ser a capital do país durante muitos séculos, desig­nação que viria a perder para a actual capital, Varsóvia. A cidade surgiu na pri­meira lis­tagem feita pela UNESCO dos locais Património Mundial da Humanidade, sendo famosa também pelo seu antigo bispo, o emble­mático Papa João Paulo II. Durante a excursão que terá início junto à Porta de São Floriano, serão per­cor­ridas as ruas medi­evais até à Praça do Mercado da Cidade Velha, onde poderão ser obser­vados monu­mentos como o famoso Salão de Tecidos, a Igreja de Santa Maria, a Igreja de Santo André, a Torre da Prefeitura e as muralhas medi­evais da cidade. Também serão visi­tados os edi­fícios his­tó­ricos da Universidade Jaguelónica, onde estu­daram per­so­na­li­dades polacas como Nicolau Copérnico ou Karol Wojtyla – o Papa João Paulo II. O tra­jecto ter­minará na colina de Wawel, onde se encontra o Castelo, antiga resi­dência dos Reis da Polónia e a Catedral com o impo­nente sino do Sigismundo, o maior da Polónia, fazendo desta viagem uma autêntica lição de história.

Tempo livre para almoço.

Visita ao bairro judeu em Cracóvia. No passado, o bairro de Kazimierz era uma pequena cidade seprarada da zona medieval de Cracóvia, onde moravam prin­ci­pal­mente os habi­tantes da origem judáica. Com o cres­ci­mento de Cracóvia, Kazimierz tornou-se num dos seus bairros, embora con­serve muitas das suas carac­te­rís­ticas judáicas que podem ser obser­vadas essen­ci­al­mente nas suas praças, nas sina­gogas, nos cemi­térios, na tra­dição e nos cos­tumes dos seus habi­tantes. No final, poderá ainda visitar-se o museu da Fábrica de Óscar Schindler, o famoso judeu polaco que serviu de ins­pi­ração para o diretor Steven Spilberg, quando este decidiu fazer o filme “A Lista de Schindler” que lhe valeu sete Oscars. Este é um tra­jecto que des­cobre uma parte da cidade ainda pouco conhecida pelos turistas, onde os seus fan­tás­ticos monu­mentos e a sua cultura são os maiores atractivos.

Noite em Cracovia.

 
Dia
7
> Cracóvia > Wieliczka > Varsóvia
 

Café da manhã no hotel.

Transporte de Cracóvia até Wieliczka, onde se visitará uma das minas de sal mais fas­ci­nantes e antigas da Europa, com a par­ti­cu­la­ridade que esta é a única mina da lista de Partrimónio Mundial da UNESCO que se mantém em acti­vidade até aos dias de hoje. Nos últimos 700 anos, Wieliczka foi um dos maiores tesouros e um dos des­tinos turís­ticos mais pro­cu­rados na Polónia. Durante a visita poderão ser obser­vados de perto os seus impo­nentes cor­re­dores, as câmaras e escul­turas de sal, os des­lum­brantes lagos sub­ter­râneos e as capelas onde os mineiros agra­deciam a Deus e à sua padroeira, a Santa Cunegunda da Polónia. Também será visitado o Museu do sal, onde se encontra toda a infor­mação sobre as fer­ra­mentas e téc­nicas uti­li­zadas pelos mineiros, bem como outas infor­mações acerca do seu fun­ci­o­na­mento. Transporte de regresso a Cracóvia.

Tempo livre para almoço.

Continuação para Varsóvia.

Noite em Varsóvia.

 
Dia
8
> Varsóvia
 

Café da manhã no hotel.

Transfer para o aero­porto em Varsóvia.
FIM DOS SERVIÇOS.

 
paski3
paski3
paski3
paski3